A queda!

queda

Nenhum cristão que se preze, gosta de pensar que esta sujeito a cair no pecado, e é claro que não servimos a Jesus sempre ponderando esta possibilidade, pois sabemos que: “Tudo posso naquele que me fortalece!” mas… e se você cair? como fica?

Vou tratar deste assunto me colocando como a protagonista desta história, pois é algo que vivo no momento.

Vou começar com este verso: “Assim diz o Senhor: Porventura cairão e não se tornarão a levantar? Desviar-se-ão, e não voltarão?” Jeremias 8:4

Sou cristã há quinze anos, e quando fiz meu concerto com o Senhor, estabeleci algumas regras rígidas de santificação, as quais, durante todo este período, nunca foram violadas! mérito meu? NÃO! vivi e vivo pelas misericórdias de Jesus, que são a causa de não sermos consumidos!

Desde então, eu sempre me gabei de não ter caído em tal e tal pecado, eu olhava com horror aqueles que, ao meu redor tinham caído, e pensava: Como esse irmão(ã) pode fazer tal coisa em ofensa ao Senhor Jesus? expondo-o dessa forma ao vitupério?!

Não estou fazendo nenhuma apologia ao pecado alheio, de modo algum! Devemos agir sempre como a Santa Palavra nos ensina: “Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância.” 1 Pedro 1:14

“E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.” Efésios 5:11

Mas… o meu pecado, foi me achar melhor do que aqueles que tinham caído, por isso também tropecei no pecado que sempre repudiei e pensava estar imune!

“Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia.” 1 Coríntios 10:12  Sempre trouxe este verso comigo, e sempre pensei que eu também deveria me cuidar, mas no fundo.. não ponderava a possibilidade da queda.

Devo ressalvar que de fato me sinto liberta, sei o quanto Jesus trabalhou em meu coração e o quanto tudo isso, no decorrer destes anos, me custou de lágrimas e dores de parto espiritual.

Mas… por algum momento, me esqueci de sentir minhas misérias, de lamentar e chorar por cada uma delas e de me humilhar na presença do Senhor! (Como nos exorta Tiago 4:10) Subestimei a maldade do meu coração e não me atentei que ele é desesperadamente corrupto! como nos diz: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” Jeremias 17:9

Escrevo para declarar, que o mais sério e perigoso numa situação dessas, não é a queda em si, mas se manter caído, e não apresentar a Deus frutos dignos de arrependimento!

Por isso, confesso diante dos homens e de Deus que pequei contra o amor, mas como o filho pródigo fez, eu também farei. sabe o que ele fez?

Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti; Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus servos.
E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. Lucas 15:18-24

Eis um exemplo de verdadeiro fruto de arrependimento, eis uma verdadeira demostração de amor divino.

Exorto a todos em nome de Jesus, a guardarem a fé e cuidarem da coroa que o Pai lhes deu, para que ninguém a roube! Mas, se por qualquer fraqueza, você tropeçar e cair, em nome de Jesus se levante chorando, se humilhando e sentindo tristeza pelo pecado e por tê-lo ferido! Jesus não merece nossas quedas, mas é totalmente digno de nos ver se levantando, para sua glória!

Permaneça fiel, Ele é digno!

Amaralina Penloski

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s